• EN
  • ES

Seis Sigma

Nesta definição observamos a palavra “processos”. Seis Sigma é uma metodologia que tem como foco a melhoria dos processos, isto é, identifica e elimina as causas que levam o processo a variar ao longo do tempo, gerando defeitos. Esta relação é demonstrada muitas vezes através da equação: “Y” : f (X1, X2, ...Xn). Em outras palavras, deixa-se de controlar a saída do processo para monitorar suas entradas.

A metodologia Seis Sigma é extremamente analítica e envolve conhecimentos básicos de estatística e ferramentas de qualidade.


METODOLOGIA SEIS SIGMA - DMAIC

Projeto Seis Sigma : este é o formato adotado para dizer que foi identificado um processo que tem impacto sobre a satisfação do cliente e para o qual será formada uma equipe Seis Sigma, que adotará uma metodologia sistemática para melhorá-lo até atingir 3,4 defeitos por milhão. Espera-se que o projeto seja concluído num período de quatro a seis meses.
A aplicação da metodologia Seis Sigma pode ser dividida em cinco fases (D-M-A-I-C):

Definição (D):
 
nesta fase deve ser identificado qual processo (Y) do negócio será melhorado para atender a uma característica crítica para o Cliente (CTQ), aumentando a sua satisfação.

Uma vez sendo identificado o processo a ser melhorado, diz-se que está identificado um “Projeto Seis Sigma”. Deve ser verificada a viabilidade econômica do “projeto” e será feita uma previsão dos benefícios (financeiros inclusive) que podem ser alcançados.

Esta fase costuma ser simples de aplicar na manufatura, onde há inúmeros processos que geram produtos defeituosos e que, portanto, devem ser melhorados. Por exemplo: diminuir erros de montagem de uma peça, diminuir reparos e retrabalhos, diminuir o ciclo de tempo para executar uma tarefa, etc.

Já no caso das áreas comerciais, muitas vezes, não é fácil identificar quais processos têm impacto sobre a satisfação do cliente. Além disso, as pessoas não têm o costume de enxergar suas atividades como um “processo”. Exemplos que do que gera impacto sobre a satisfação do cliente nas áreas comerciais são: diminuir número de erros na emissão de ordens de compras ou na emissão de notas fiscais, diminuir o tempo para importar um produto, diminuir o tempo para atender a uma chamada de um cliente, diminuir o tempo para entregar um item solicitado por um cliente, etc.

As ferramentas mais utilizadas nesta fase são: Técnicas de pesquisa com clientes, “Benchmarking”, Análise custo-benefício, QFD, Mapa do Processo (Macro), Pareto, entre outros.
 
Medição (M):
 
nesta fase deve-se fazer um levantamento geral de todas as entradas do processo (X´s) e como se relacionam com os CTQ´s (características críticas para a qualidade) do cliente. O processo deve ser mapeado.

Deve-se medir a habilidade do processo em produzir itens não defeituosos. Em outras palavras, mede-se a capabilidade do processo, expressa por seu valor? (Sigma) .

Nesta fase as principais ferramentas utilizadas são: Mapa do processo (detalhado), Espinha de peixe, Matriz de causa & efeito, Análise do sistema de medição e Cálculo da capabilidade, assim como a estatística básica.

Análise (A):
 
nesta fase deve-se procurar pelas fontes de variação (X´s) que aumentam a variabilidade do processo e que são responsáveis pela geração de defeitos.

As principais ferramentas utilizadas são: Estatística básica, Análise gráfica dos dados, Teste de hipótese, Teste chi - quadrado, Análise de Regressão e FMEA.
     
Melhoria (I):
 
nesta fase toma-se a ação sobre o processo para melhorá-lo com base nas fontes de variação (X´s) identificadas na fase de Análise (A). No final desta fase deve-se calcular a nova capabilidade sigma do processo (?), para comprovar que houve uma melhoria significativa.
As principais ferramentas utilizadas são: Planos de ação, FMEA, Delineamento de experimentos e Análise de Regressão. 
 
Controle (C):
 
é a última etapa. Neste ponto deve-se empregar métodos para monitorar as fontes de variação (X´s) identificadas para manter a nova capabilidade adquirida. Deve-se passar a responsabilidade pelo monitoramento do processo para os donos do processo.

Uma confirmação dos benefícios econômicos alcançados deve ser feita. As principais ferramentas utilizadas são: cartas de controle, Dispositivos à prova de erros (Poka-yoke), Planos de controle, Procedimentos, etc.


 

METODOLOGIA SEIS SIGMA – DFSS

Assim como o Seis Sigma – DMAIC, a metodologia DFSS (Design for Six Sigma) é um método estruturado e disciplinado para garantir que novos processos, serviços ou produtos sejam lançados com um nível de eficiência mais próximo possível da capabilidade 6?.

São cinco as etapas:

Definição (D):
definir o projeto a ser desenvolvido e identificar os riscos envolvidos/gerenciamento da mudança.

Medição (M):
identificar os clientes e suas necessidades e traduzir as necessidades em requerimentos de projetos.

Análise (A):
desenvolver conceitos de design e relacionar saídas e entradas do processo, assim como escolher o melhor design.

Design (D):
desenvolver design de alto nível, desenvolver o design detalhado e preparar o plano piloto.

Verify (V):
conduzir o piloto e implementar o novo design. Realizar a passagem para o dono do processo.


METODOLOGIA LEAN SEIS SIGMA

Associa à metodologia Seis Sigma DMAIC a praticidade, velocidade e versatilidade da filosofia Lean, promovendo um sistema de negócios para organizar e gerenciar o desenvolvimento de produtos, operações e serviços. Muitos negócios utilizam os princípios, práticas e ferramentas do Lean/Seis Sigma para reduzir ou eliminar desperdícios, de forma a obter bens e serviços com maior qualidade, reduzindo drasticamente custos e otimizando o uso de seus recursos.
Para cada etapa da metodologia Seis Sigma DMAIC são introduzidas ferramentas de Lean, de modo que uma parte da equipe use a rapidez e praticidade do Lean para atuar sobre as condições de processo onde, basicamente, o que deve ser feito é “arregaçar as mangas e atacar o processo“ e dar à organização respostas rápidas. Enquanto isso, outra parte da equipe trabalha nas análises estatísticas mais profundas, usando a ciência e a disciplina da metodologia Seis Sigma.

 
 
(19) 3778-9735
contato@setadg.com.br
All Rights Reserved @ Design are copyrighted.
Fale conosco